Depoimentos dos médicos e amigos

Dr. Flávio Calil Petean
Prof. Assistente de Imunologia Clínica/Reumatologia da FMRP-USP Ribeirão Preto-SP

Conheci a Ana há cerca de três anos, quando ficou internada no HC-USP Ribeirão Preto, com diagnóstico de Lupus Eritematoso Sistêmico e com quadro de hemorragia vaginal incontrolável. Na época, apesar de docente da especialidade, o médico chefe responsável pelo caso era outro colega. Nas reuniões o que se discutia que seu sangramento e dores era de fundo emocional.
E depois e um longo e sofrido internamento a nossa paciente voltou a sua cidade de origem, Recife, do mesmo jeito que chegou a Ribeirão Preto, sem solução do caso.
Ela é seguida no HC pela reumatologia, ginecologia e hematologia e sempre tem retornos programados.
Uma amiga dela, Ana Lúcia, também minha paciente, pediu que eu atendesse sua amiga de Recife, o que só ocorreu em 2007. Só assim pude comprovar todo seu sofrimento e luta contra a doença, diagnósticos errados e uma terapia que estava mais matando e prejudicando a Ana Cláudia que ajudando em sua moléstia e recuperação.
Na época, uma moça linda, vista apenas nas fotos, estava toda deformada por excesso de corticóides, com hipertensão arterial descontrolada, seu rim funcionando parcialmente, seus pulmões com inflamação, o coração com derrame no pericárdio, suas articulações edemaciadas, sangramento vaginal incontrolável e seu estado emocional no "chão".
Seu sangramento era a produção de anticorpos contra fatores da coagulação ainda A/C, suas outras alterações era atividade da doença (LES) e foi iniciado, então, tratamento específico, apesar das suspeitas para outras patologias.
Para agravar ainda mais sua debilidade, suas dores eram incapacitantes, razão pela qual o uso de corticóides e morfina era cada vez maior e mais freqüente, mas a paciente era portadora também de Fibromialgia secundária.
Suas doenças, então, começaram a ser tratadas, hoje já perdeu muitos quilos (desinchou alguns), começou a fazer atividade física (dentro das limitações deixadas pela doença e efeitos colaterais às medicações anteriores), começou a ficar parecida de quando era saudável.
Já renasceu várias vezes, passando em apenas dois mese por seis cirurgias e pela UTI com infecção bacteriana generalizada levando-a a ter sepsemia que quase a mata, mas a gana dessa jovem pela vida é tanta que ela suspreende toda a equipe médica que lhe assiste a cada dia e sempre sai de todas com total vitória.
Infelizmente as marcas e conseqüências vão permanecer, mas com sua força e boa vontade, associados a uma aplicação ao tratamento invejável, sem deixar de tomar qualquer medicação ou seguir as recomendações, está paulatinamente voltando a "ser gente".
Toca piano e canta como profissional e agora ganha forças para mostrar ao mundo que com perseverança e muita fé, que podemos mudar o rumo de nossa vida.
Sendo seu médico, sinto orgulho de como tudo ocorreu e tenho certeza que a Aninha, como eu a chamo, terá muitas alegrias na vida e se Deus permitir, com muita saúde e paz.
Beijos com admiração,
Seu médico, Flavio Calil Petean.

Tia Iolanda

Minha sobrinha mais amada, não é o tempo que importa, mas o que fizeste e o que alcançaste enquanto crescias. Se é impossível o sol, acordando as flores, pode acreditar que já valeu a pena ter nascido. Você é ESPECIAL e muito amada. Beijos de sua Tia Iolanda.


Dr. Alzírton de Lira Freire - Reumatologista

Creio que este poema da Sophia de Mello Breyner tem tudo a ver com ela:


Apesar das ruínas e da morte
Onde sempre acabou cada ilusão
A força dos meus sonhos é tão forte
Que de tudo renasce a exaltação
E nunca as minhas mãos estão vazias


Um abraço Ana e tudo de bom.

Alzírton.


Diva Soares -Amiga

Oi Aninha,

Gostaria de dizer que tenho acompanhado sua luta há bastante tempo (desde que começamos a formar o Coral em 2002). Conheci você tão magrinha amiga... hoje estás fofinha( ka ka ka).
Tenho visto sua caminhada às vezes a passos longos, e outras vezes a passos firmes. As longas, nos momentos críticos, e a as firmes com muita fé e determinação, e isto faz de você uma pessoa admirável.
Suas idas a São Paulo, sempre com uma esperança de cura, e nós aqui torcendo para vê-la melhor – morrendo de medo de perdê-la – todavia Deus sempre presente em nossas orações, atende nossas preces.
Lembro-me que nos momentos críticos, você sempre falava que Deus não há de abandoná-la, e que sempre ele dava o esperado.
Vivia praticamente dentro de um hospital, fazendo dele sua segunda casa, mas não era o que queríamos e nem o que queremos, apesar de “tratarem bem” ,(às vezes gritava de dor por não acertarem sua veia e ficava cheia de hematomas não é?), sabia que meu coração doía por não ter o poder de passar sua dor?. A alternativa sempre é a oração, buscando Deus para colocar suas mãos sagrada sobre você e aliviar todos os males.
Gostaria de poder vê-la sempre sorrindo como sabe fazê-lo muito bem.
Sabe Ana, não gostaria de escrever coisas tristes, olho para você e só vejo amor, força, perseverança, coragem e, principalmente, FÉ, oh amiga! Isso você tem de sobra, e ainda distribui um pouco para as pessoas que necessitam.
Nunca esqueci a força que deu para a minha irmã, que por erro médico, ou por força das circunstâncias, perdeu um rim e ficou traumatizada.
Você foi lá (apesar das dificuldades de locomoção), trouxe paz para o seu coração ferido de dor e revolta. Ofereceu sua amizade que foi aceita de muito bom gosto.
Hoje ela está em paz, e você contribuiu bastante! Deus te abençoe.
Mas falando em coisas alegres, lembra-se de nossas noitadas? Principalmente na sala de Reboco! Como foi divertido vendo aquele velhinho macabro com o dedo chamando agente para dançar, e nós fazendo de conta que não estávamos vendo! ka ka ka. Aquela noite foi hilária.
Outra vez no restaurante Guaiamum Grill, com aquelas malucas (Dreeg) dizendo palavrões e fazendo um show de arrepiar até os cabelos, tirando a virgindade dos nossos ouvidos.
Foi muito bom amiga, aliás, todas as vezes que temos oportunidades de sairmos, sempre é muito divertido.
Nos ensaios do Coral, é como se fosse uma terapia coletiva, com sua paciência e determinação aprendemos de ouvido, (pois não sabemos ler partitura) cantamos maravilhosamente, tanto é, que ganhamos o primeiro lugar em um concurso que houve pela Prefeitura da Cidade do Recife. Graças aos seus esforços, juntamente com Junior Melo (nosso outro maestro, gente finíssima).
Todos que fazem parte do Coral, é que temos ganhado com a participação de vocês, somos um grupo amigo, unido, com senso de humor fantástico. Espero que isto demore muito e muitos anos, pois as coisas boas da vida deveriam durar uma eternidade.
"Os que confiam no Senhor são como os montes de Sião, que não se abalam, mas permanecem para sempre"
(palavras registradas na Bíblia, livro de Salmos125, verso 1)
Desejo amiga! Que tenha muito sucesso com essa nova etapa de sua vida, e que realize todos os seus sonhos.

Um grande Abraço

Diva


Pastor Jeconia Dantas Lisbôa
Querria Ana
A grande vitória de alguém é medida pelas suas lutas. Há uma expressão do Pr. Ricardo Gondim, que eu gosto muito e acho-a muito feliz e inteligente. Ele diz que "tentar vale a pena, não porque vai dar certo, mas porque vale à pena". Um dia um amigo me falou acerca da tua luta, da tua persistência em não desistir e certamente da tua vitória. Sabemos que somos mais que vencedores naquele que é suficiente para nos conceder a bênção da vitória. Aqueles que percebem que no horizonte da vida, há uma resposta preparada para cada um de nós, estes não perdem a esperança, porque a verdadeira esperança está em Cristo Jesus, nosso eterno e suficiente salvador. Mesmo passando pelo vale da sombra da morte, aquele que confia não perde a esperança de vencer. És uma vencedora, é assim que te enxergo. Tenho sempre lembrado de teu trabalho tua luta e tua conquista, e sempre oramos em teu favor, sabendo que no Senhor a tua bênção é garantida. Tenho certeza que cada pessoa que folhear teu livro, ali achará a resposta positiva e o incentivo a prosseguir na caminhada. Não podemos parar, não podemos desistir, temos que caminhar, olhando pra frente, ali está o nosso trunfo, o laurel de vencedor. Indico a leitura deste livro a todas as pessoas que um dia na vida pensaram em desistir. Leiam e se alimentem da verdade de que há uma vitoria reservada para cada lutador,.

Pr Jeconias Dantas Lisbôa.Pastor da Igreja Batista de Largo da Paz. – Recife-PE



kátia Regina Vidal - Amiga

Eita mulher porreta ; guerreia ... Ela é do tipo que agente chega para dá uma força e sai fortalecido. com essa maneira esperançosa surpreendente de lutar pela vida. É isso aí Cau; quem tem fé voa!!!!Você é simplesmente fonte de inspiração e motivo do meu orgulho por conhecer alguém especial como você. Beeeeijos!!!!


Ketura - Amiga

"VOCÊ não entra na vida das pessoas apenas, para ser mais um,e sim para deixar algo de bom ...para marcar...para somar...para ajudar... É por isso que estou passando aqui no seu cantinho...Vc é muitooooooo ESPECIAL!!! Beijos no Coração!

Ariana Nuala Reithler - Sobrinha

Tia Ana, eu te amo muito e é muito bom falar de Harry Potter com você, IASHODHAIOSDHOAHSDIOASHDHAOSDHIAOSDHIOASHDASHIDOASHIDHSAO :)e muito obrigada por aguentar as minhas besteiras, beeijos;




Tacianne Vanine - Amiga

Eu posso dizer q conheço esta mulher suficiente para brigar pelos primeiros lugares da fila entre seus fãs (que não devem ser poucos). Você é maravilhosamente especial!!!! E merece tudo de bom!!! Estou sempre torcendo por você!


Rafaela Primo - Amiga

E assim ela chegou, rápida , leve , e em breves dias de curso ela me deixou assim cheia de querer bem e afeto. Coisas da vida porque ela foi pra um canto e eu fiquei no outro, exatamente ali naquele ponto. Acho que sabia que ela existia , antes mesmo de realmente conhece-la , a vida precisa de pessoas como ela!E eu como dádiva da vida conheci. E assim ela foi para as bandas de lá , e eu pelas bandas de cá fiquei...Acredito e desejo num piscar de olhos reve-la , enquanto isso afogo as saudades na sua presença que é tão forte e constante para mim, uma primavera, que se funde nas minhas melhores lembranças. Com amor.
Rafa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CÂNCER E LÚPUS

A Morte Devagar

LÚPUS ERITEMATOSO DISCOIDE