Transplante de Medula Óssea



A Unidade do TMO (Transplante de Medula Óssea) é especializada na prática da terapia celular, para o tratamento de leucemia, lúpus e esclerose múltipla. Tem pioneirismo mundial, no tratamento da diabete tipo 1, com o uso das células-tronco e é pioneira também, no transplante autólogo de células-tronco, para o tratamento da esclerose lateral amiotrófica -no transplante autólogo, o material é retirado da própria pessoa, o que elimina o risco de rejeição. Na Unidade, são assistidos pacientes com leucemias agudas e crônicas, aplasia de medula óssea e doenças auto-imunes como lúpus eritematoso sistêmico e diabetes mellitus tipo 1.



Os pacientes pós-transplantados moradores em outras cidades, também têm o apoio do GATMO (Grupo de Apoio ao Transplantado de Medula Óssea), que providencia alojamento para o paciente e acompanhante, no período ambulatorial pós-cirúrgico.

A formação do GATMO, foi uma iniciativa de voluntários, assistentes sociais do HCFMRPUSP e docentes da FMRP ligados ao funcionamento do TMO (Transplante de Medula Óssea). O local de estadia oferecido pelo Grupo, fica próximo ao Hospital, em residência instalada no Campus da USP.
O Instituto de Reabilitação Lucy Montoro tem uma sala de leitura equipada com cerca de 500 títulos de bibliografia direcionada para a primeira infância. O projeto implantado com a assessoria do Instituto Brasil Leitor e patrocínio da Usina Colorado, é pioneiro na proposta que vincula a tarefa de despertar o prazer da leitura à prática da assistência, ensino e pesquisa dos profissionais envolvidos nos procedimentos clínicos da reabilitação.

Os pacientes portadores de doenças auto imunes, como artrite reumatóide, esclerose múltipla, lupus eritematoso sistêmico, doença de crohn, etc., não responsivas aos tratamentos imunossupressores convencionais, podem ser candidatos ao transplante autólogo como parte do protocolo de estudo. Resultados favoráveis foram descritos, e a eficácia terapêutica parece resultar não só da imunossupressão em alta dose, mas também da reformulação do controle imunológico anormal subjacente. Atualmente, estão sendo planejados trabalhos prospectivos randomizados para comparar com os tratamentos convencionais


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Morte Devagar

CÂNCER E LÚPUS

LÚPUS ERITEMATOSO DISCOIDE