SUS deve distribuir remédios para tratar de Artrite Reumatoide


Núcleo Grupar-RP no Alto Tietê/SP contribui com matéria ao Jornal da TV Diário, afiliada da Rede Globo no Alto Tietê.
No Alto Tietê, os pacientes com artrite reumatoide comemoraram a distribuição de novos medicamentos para o tratamento da doença inflamatória das articulações, que pode comprometer os movimentos.
Até 2013, o Sistema Único de Saúde (SUS) deverá distribuir, gratuitamente, os remédios biológicos, que são feitos a partir de células vivas.
Com isso, os portadores da doença crônica que tiveram rejeição aos remédios tradicionais têm mais uma ajuda.
Um exemplo é a blogueira Nataly Fernandes. A paciente contou que descobriu a doença quando tinha 22 anos e, com isso, perdeu cerca de 20 quilos.
De início, a blogueira disse que sentia dores, ia ao pronto-socorro e os médicos achavam que era dengue ou virose.
Segundo Nataly, após a descoberta da doença, em menos de um ano já estava em uma cadeira de rodas.
No começo do tratamento, a paciente disse que era usado corticoide e que depois, passou a utilizar medicamentos para baixar a imunidade, já que a artrite reumatoide é autoimune.
A reumatologista Cássia Bossi explicou que a artrite reumatoide atinge, principalmente, pessoas com idades entre 30 anos e 35 anos, mas não são raros os casos em que a doença também se manifesta em jovens e crianças.
A especialista disse que os primeiros sintomas são cansaço, febre e dores no corpo. Depois, as juntas ficam inchadas e doem, e o portador da doença, normalmente, tem rigidez matinal.
Atualmente, o Ministério da Saúde gasta cerca de R$ 25 mil por ano com cada paciente que usa medicamentos biológicos.
Para comprar os novos remédios, o governo federal negocia com os laboratórios. Dessa maneira, a expectativa é que o custo do tratamento seja reduzido para R$ 13 mil por ano.
Para Nataly, a distribuição dos medicamentos é uma grande conquista para os portadores da doença.
Fonte: TV Diário A incorporação de novos medicamentos para o tratamento da Artrite Reumatoide, foi publicada em Diário Oficial da União no dia 24/09/2012, e tem o prazo máximo de 180 dias para estarem disponibilizados nas farmácias de Alto Custo de todo o Brasil, os seguintes medicamentos;
  • Golimumabe
  • Certolizumabe pegol
  • Rituximabe
  • Abatacepte
  • Tocilizumabe
Leia mais sobre a Incorporação de novos medicamentos para o tratamento da Artrite Reumatoide no Post http://www.artritereumatoide.blog.br/2012/10/portaria-no-24-de-10-de-setembro-de-2012/



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CÂNCER E LÚPUS

A Morte Devagar

LÚPUS ERITEMATOSO DISCOIDE