Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Sobre a suposta cura do Lúpus

Imagem
Pesquisadores da Universidade da Flórida em Gainesville estão sobrecarregados pelas centenas de e-mails que recebemos de pessoas depois que os resultados de seu estudo acumulou social, a atenção da mídia. Laurence Morel, Ph.D., diretor do departamento de patologia experimental da universidade e co-autor do estudo, falou sobre a pesquisa a equipe vem fazendo em camundongos em uma conferência realizada em Cuba em meados de junho. Morel disse ele aparece alguém da conferência postou algo em uma página no Facebook que fez os resultados da investigação mais promissora do que elas realmente são no momento. Desde então, Morel recebeu mais de 300 e-mails, muitos escritos em Espanhol ou Português, perguntando sobre uma cura ou como pacientes com lúpus pode participar nos ensaios de tratamento de humanos. Alguns pacientes com lúpus têm mesmo chamado Morel, implorando para obter mais informações. Ela tinha que dizer-lhes a pesquisa é preliminar e pode algum dia beneficiá-los, mas um…

Medo, Lupus, a vida

Imagem
Dia 03 de agosto, estarei passando por mais uma intervenção cirúrgica, (a 6ª desse ano,aff) ontem me perguntaram se eu estava com medo ou nervosa, e eu claro, disse que não. Essa rotina de cirurgias, UTIs, infusões com (Beriplex, Mabthera, Imunoglobulina e...) internações, sangramentos (INR incoagulável), glicose e pressão nas alturas, Lúpus... nem tem mais graça ou não é mais nenhuma novidade. Tenho medo sim, de desistir de viver, de não poder mais lidar com as dificuldades do dia a dia, sinto falta do aconchego de minha Mãe, que estava sempre comigo, chorando comigo e lutando por mim.
Fico nervosa, por não ter como comprar minhas medicações e vergonha por ter que sempre ter pedir a um e a outro, e muitas vezes implorar por uma ajuda que sempre é bem vinda, mas depender apenas de Deus ....seguir na luta e vencer a batalha, mesmo que ela seja cruel e temerosa.
A vida segue e eu sigo a vida., levanto todos os dias e finjo que tudo está bem...creio num Deus vivo no qua…

Lúpus e Herpes Zóster

Imagem
Lúpus e Herpes ZósterPosted by : Ana Geórgia Simãosegunda-feira, 13 de julho de 2015 Já ouvi vários relatos de pacientes com lúpus desenvolver Herpes Zóster, vamos saber um pouco mais sobre essa doença...
Herpes zoster é uma infecção viral que provoca vesículas na pele e geralmente é acompanhada de dor intensa. Ela pode acometer qualquer parte do seu corpo, mas é mais frequente no tronco e no rosto, evidenciando-se como uma faixa de vesículas em apenas um dos lados do corpo.

É causado pelo vírus varicela-zoster – o mesmo agente da catapora – e acomete pessoas que tiveram catapora em algum momento da vida e ficaram com vírus latente (adormecido) em gânglios do corpo. Anos mais tarde, esse vírus pode reativar na forma de herpes zóster.

Embora não seja uma condição de risco de vida, o herpes zóster pode ser muito doloroso. Vacinas podem diminuir as chances de se ter a doença, enquanto o tratamento precoce reduz a chance de complicações.
Ainda que raro, uma pessoa com herpes zos…

Lesões Celebrais no Lúpus

Imagem
Lúpus e o Cérebro:

Lesões cerebrais no lúpus:

O envolvimento do Sistema Nervoso Central pode variar da forma mais simples até àquela que requer tratamento mais especifico. É a manisfestação do lúpus mais difícil de ser diagnosticada . O comprometimento cerebral, em geral, não acontece no início da doença.
Sintomas : dos pacientes lúpicos, cerca de 24 a 51% apresentam envolvimento do SNC.

A seguir, você tem uma lista dos sintomas mais reconhecidos:

Disfunção cognitiva:

A disfunção cognitiva poderia ser descrita como a dificuldade de pensar/concentrar, dificuldade de falar, dificuldade de lembrar e dificuldade de manipular números -- algumas vezes mencionada (pelos pacientes) como mente embaçada. Estima-se (a partir de diversas pesquisas) que entre 20 e 40% dos pacientes com lúpus tenham alguma disfunção cognitiva.

Dor de cabeça - Dor de cabeça lúpica:

Dor de cabeça é uma das mais freqüentes manifestações em pacientes lúpicos com envolvimento do Sistema Nervoso Central. Pes…

Lúpus: Coração e Pulmão

Imagem
Lúpus: coração e pulmão.

Coração e pulmão:

O coração e os pulmões podem set afetados nos pacientes com lúpus sistêmico eritematoso. O grau do envolvimento cardiopulmonar varia desde a ausência de sintomas até tratamento contínuo.

Problemas Cardíacos:

O Lúpus pode atingir todas as partes do coração incluindo o pericárdio (que é a membrana que reveste por fora o coração), miocárdio (a camada média da parede do coração, formada por músculo cardíaco), endocárdio (membrana que forra interiormente o coração) e artérias coronárias.
Pericardite (inflamação do pericárdio) é a doença mais comum que atinge o coração de pessoas com lúpus. Ela ocorre quando a membrana do pericárdio é atacada por auto-anticorpos e fica inflamada. Os sintomas mais comuns são pontadas no tórax abaixo do esterno, febre, batimento cardíaco acelerado e, ocasionalmente, falta de ar. A dor pode variar conforme a posição do corpo. Freqüentemente, a dor pode ser aliviada curvando o corpo levemente para a fren…

Lúpus e as Articulações

Imagem
Lúpus : Articulações

Essa semana estamos publicando sobre o lúpus e os sistemas mais afetados.
Articulações:
O acometimento das articulações ocorre em até 95% dos pacientes com lúpus. As duas principais manifestações são a artrite (inflamação da articulação) e a artralgia (dor articular sem sinais inflamatórios). Muitas vezes esses sintomas surgem anos antes do diagnóstico definitivo de lúpus.
A artrite e a artralgia do lúpus têm algumas características que as diferenciam das outras doenças que também acometem as articulações:
- São migratórias, ou seja, as dores mudam de articulações em questão de 24-48 horas. Um dia doem os joelhos, no outro o punho, em um terceiro o ombro, depois volta para o joelho, etc.
- O envolvimento é simétrico, ou seja, quando um joelho dói, o outro também.
- Costuma se apresentar como poliartrite ou poliartralgia, o que significa que várias articulações doem ao mesmo tempo.
- Em geral, a articulação dói muito mais do que a aparência dela pode sug…

Lúpus e os Rins

Imagem
Lúpus e os Rins

Rins:
O acometimento renal é freqüente em pacientes com lúpus pode apresentar-se das formas mais variadas.
Considerando-se que a nefrite ( é uma inflamação do rim causada por lúpus eritematoso sistêmico) é uma das manifestações de atividade lúpica, devemos estar sempre atentos para a possibilidade de que venha a agravar-se ou a instalar-se num paciente que antes não apresentava lesão renal. Para tanto, além das informações fornecidas pelo paciente e os achados do exame físico, a realização de exames laboratoriais simples como o exame de urina (“Urina I”) e a determinação de creatinina no sangue são necessários. Outros exames podem ser adicionados a estes uma vez constatada a lesão renal.
A biópsia do rim é eficaz para o diagnóstido das doenças renais em pacientes lúpicos, e é um procedimento em que um minúsculo pedaço de tecido renal é retirado para exame anátomo-patológico.
No lúpus, é importante fazer-se esse tipo de biópsia, pois tratamentos diferente…

Lúpus e Pele

Imagem
Lúpus e Pele

Pele:

Outro órgão muito frequentemente acometido é a pele. Até 80% dos pacientes com lúpus apresentam algum tipo de envolvimento cutâneo, principalmente nas áreas expostas ao sol.
As lesões típicas incluem o rash malar ou rash em asa de borboleta. Trata-se de uma área avermelhada que encobre as bochechas e o nariz parecendo com o formato de uma asa de borboleta. O rash malar aparece em pelo menos 50% dos pacientes, costuma durar alguns dias e recorre sempre que há exposição solar. Exposição prolongada a luzes fluorescentes também pode desencadear lesões cutâneas do lúpus.
Outra lesão dermatológica comum é o lúpus discoide, que se caracteriza por placas arredondadas e avermelhadas, mais comuns na face, pescoço e couro cabeludo.
O lúpus discoide pode fazer parte do quadro do lúpus sistêmico, ou ser a única manifestação da doença. Neste último caso, o prognóstico é melhor, já que não há envolvimento de outros órgãos.
Outras lesões dermatológicas comuns são a…

Lúpus e o Fígado

Imagem
Lúpus e seus órgãos mais afetados:

Fígado:

O envolvimento do fígado nos casos de LES é, com freqüência, uma complicação muito mal compreendida da doença. O fígado pode ser afetado como resultado do próprio lúpus, bem como pelos medicamentos usados para tratar inflamações causadas por ele. Existe ainda, uma doença inflamatória específica do fígado, relacionada ao LES, chamada hepatite lúpica. Este artigo vai tentar esclarecer o que o termo "lúpus no fígado" realmente significa.
O lúpus pode afetar o fígado das várias maneiras delineadas abaixo:

• O AUMENTO DO VOLUME DO FÍGADO, ou hepatomegalia, é encontrado em 10% dos pacientes com LES. O fígado é raramente tenro e macio, a não ser que o aumento do seu volume seja tão grande que a cápsula (ou capa) do órgão estique. As causas mais comuns para aumento do volume do fígado incluem a hepatite lúpica, falência cardíaca e cirrose.

• ICTERÍCIA, onde a pessoa fica com um tom amarelado na pele, é encontrada em 1-4% dos pa…

Quais exames devo fazer pra saber se tenho lúpus?

Posted by : Ana Geórgia Simãosábado, 27 de junho de 2015  DIAGNÓSTICO Para o diagnóstico de LES, é fundamental a realização de anamnese e exame físico completos e de alguns exames laboratoriais que podem auxiliar na detecção de alterações clínicas da doença, a saber: - hemograma completo com contagem de plaquetas; - contagem de reticulócitos; - teste de Coombs direto; - velocidade de hemossedimentação (VHS); - proteína C reativa; - eletroforese de proteínas; - aspartato-aminotransferase (AST/TGO); - alanina-aminotransferase (ALT/TGP); - fosfatase alcalina; - bilirrubinas total e frações; - desidrogenase láctica (LDH); - ureia e creatinina; - eletrólitos (cálcio, fósforo, sódio, potássio e cloro); - exame qualitativo de urina (EQU); - complementos (CH50, C3 e C4); - albumina sérica; - proteinúria de 24 horas; - VDRL; e - avaliação de autoanticorpos (FAN, anti-DNA nativo, anti- Sm, anticardiolipina IgG e IgM, anticoagulante lúpico, anti-La/SSB, anti-Ro/SSA e anti-RNP). A solicitação…